............................................................................ Anna, 22, libriana, gaúcha, gremista, futura veterinária, PR Brasil ............................................. Heart It
It's better if you don't understand
1 2 3 4 5 »
THEME promisse @

Parece que quanto mais a gente quer, mais demora pra acontecer.


posted on 1 day ago with 472 notes · via · source · reblog

posted on 1 day ago with 11,001 notes · via · source · reblog

posted on 1 day ago with 28,396 notes · via · source · reblog

posted on 1 day ago with 1,766 notes · via · source · reblog

Te desejo toda felicidade do mundo, inclusive aquela que você só vai encontrar comigo.


posted on 1 day ago with 875 notes · via · source · reblog

posted on 2 days ago with 913 notes · via · source · reblog

posted on 2 days ago with 549 notes · via · source · reblog
“Quero um amor sossegado. Alguém para me abraçar, assistir um filme, jogar baralho, viajar, conversar, contar o dia, fazer cafuné, dar apoio, confortar. Quero troca, carinho, respeito, cumplicidade. O amor é uma amizade sem inveja. É um sonho com realidade. É uma realidade sem photoshop. O amor é um abraço apertado, um olhar que se encontra, um silêncio que não incomoda, um barulho de onda, um gosto bom. Não tem serenata, mas tem bilhetinho dentro da bolsa. E rotina, cansaço, discussão, divergências de opinião. Mas, acima de tudo, tem paciência. E vontade.”
Clarissa Corrêa. (via inverbos)

“O amor não é para os fracos. Amor é o que fica depois do desespero. Amor é o que fica depois da vingança. Amor é o que fica depois da solidão. Amor é o que fica depois das brigas. Amor é o que fica depois da bebedeira. Amor é o que fica depois da fofoca. Amor é o que fica depois das dúvidas. Amor é o que fica depois do orgulho. Amor é o que fica depois dos gritos. Amor é o que fica depois da raiva. Amor é o que fica depois dos erros. Amor é o que fica depois da cobrança. Amor é o que fica depois do cansaço. Amor é o que fica depois de ir embora. Se o amor ficou depois de tudo, não finja que ele é nada.”
Fabrício Carpinejar. (via acrescentada)

posted on 2 days ago with 14,740 notes · via · source · reblog

posted on 2 days ago with 702 notes · via · source · reblog